Blog Eco Encanto


Trilha das 7 Praias

A trilha das 7 Praias é a minha preferida em Ubatuba.... amoooooo demais!

É uma trilha de nível fácil a difícil, na minha opinião, vou explicar o motivo: da praia da Lagoinha até a Praia do Bonete Grande é bem tranquila...faço com a minha filha desde os 4 anos de idade dela, levando aproximadamente 40 minutos, andando tranquilamente. A partir do Bonete Grande começa a complicar um pouco, ficando difícil até chegar na Fortaleza. Mas é uma trilha magnífica, divina e iluminada, pois cada vez que a percorro, vejo detalhes que não havia reparado anteriormente e fico fascinada. 



Expandir



MELASMA - Como controlar esse mal?

Ubatuba é uma cidade muito quente no verão e mesmo no inverno temos um sol que prejudica bem a pele. Assim, darei algumas dicas para quem tem MELASMA, como controlar e  manter a pele clara.

Vou contar de forma bem resumida a minha luta contra o melasma, e vou colocar aqui neste Post alguns dos produtos que já utilizei e o que melhor resolveu o problema.

Estou brigando com o melasma desde 2012, ano em que minha filha nasceu, eu tinha apenas uma manchinha pequena na testa, quase imperceptível, como pode ser visto na foto acima, mas, como toda mulher, estava insatisfeita e infeliz.

Procurei o primeiro dermatologista e me receitou “de cara” uma pomada manipulada com “HIDROQUINONA”. Como eu nunca tinha tido manchas antes, nem pesquisei sobre o produto, já fui desesperada manipular, confiando no médico. Em duas semanas de uso, parecia passe de mágica, não tinha mais a mancha na testa, como na foto abaixo.


Como eu moro no litoral, não saio da praia, ou seja, amoooooo tomar sol, mas mesmo assim, procuro passar protetor e usar um chapéu. Mas como estava usando a hidroquinona, vocês não imaginam como ficou a minha pele... PRETA, aí sim tive vontade de chorar com gosto.


RESULTADO: Experimentei todos os produtos que me falavam que iria combater o melasma e gastei uma fortuna, vou colocar todos aqui;

1-     Redermic (La Roche);

2-     Pigment Control (La Roche);

3-     Melani D (La Roche);

4-     Timewise (Mary Kay);

5-     Clairial C10 (SVR);

6-     Vitanol A (farmácia);

7-     Triderm (farmácia);

8-     Vários Peelings (de todos os tipos);

9-     Vários tipos de protetores.

Enfim, passei em uns 5 dermatologistas durante esse período de 06 anos e ninguém resolvia meu problema. Todas eless me receitavam vários “peelings”, para ganhar dinheiro, é claro, pois eram eles que faziam.

Se pesquisarem o valor de cada produto, terão uma ideia do quanto eu gastei durante esses anos.

Finalmente, este ano de 2018, depois de tanto gastar, resolvi comprar um produto que sempre estive “paquerando”, mas tinha medo de ser mais uma tentativa fracassada, pois ele é o mais caro que já comprei.


O nome dele é DERMAMELAN 2, da Mesoestetic. É um despigmentante altamente eficaz, importado, mas você compra facilmente no Brasil, no entanto, o valor não é muito agradável. Existe o DERMAMELAN 1, que é indicado para peles com manchas severas, que era o meu caso, mas o produto somente pode ser aplicado por dermatologistas, e como não tive a sorte de encontrar uma boa Dermatologista, resolvi não arriscar.... comprei o “Dermamelan 2” mesmo.

O resultado está sendo FANTÁSTICO. Já notei a diferença na primeira semana de uso e todos estão elogiando minha pele, perguntando o que eu fiz. Você percebe já nas primeiras semanas uma luminosidade bem diferente na pele e ele vai clareando aos poucos, sem machucar, descamando a pele de forma bem sutil.

Ainda não tenho como ter um parecer definitivo dele, pois ainda estou usando, mas já deu para perceber que ele realmente dá resultado.


Nesta foto estou sem maquiagem, assim, quando coloco uma base, quase não parece que tenho manchas.

Agora é continuar controlando com protetor solar, chapéu e no término do tratamento, volto a postar o resultado.




Expandir



TRILHA DO SACO DAS BANANAS

Para realizar a trilha do Saco das Bananas é necessário apenas disposição e condicionamento físico, pois o grau de dificuldade é médio. Iniciei a travessia às 08h00 na praia do Pulso, a poucos minutos da Eco Encanto Pousada, e terminei às 15h00 na Praia da Figueira.


O acesso à praia do Pulso é feito por uma estrada de terra a partir do Km 77,5 da Rodovia Rio Santos, ao lado da praia da Maranduba. No local existe um ponto de ônibus e logo atrás tem uma estradinha que vai para a Praia do Pulso e Praia da Caçandoca. A caminhada até a praia do pulso leva aproximadamente 40 minutos, onde cheguei à Portaria de um Condomínio Fechado, local em que a entrada é permitida apenas para pedestres.


A partir da portaria, caminhei por aproximadamente 7 minutos, passando por um escadão e chegando na praia do Pulso. É uma praia pequena, com algumas residências particulares, areia fofa e branquinha e um visual incrível. Não costuma ter muita gente, devido ao acesso ser somente por trilha. Não tem quiosques, barracas ou vendedores ambulantes.


Iniciando a travessia para o Saco das Bananas, segui dali rumo à praia da Caçandoca. Caminhei tranquilamente por 10 minutos e cheguei à praia, um pouco mais movimentada que o Pulso, com alguns quiosques, lugar para acampar, uma bica de água doce para tomar um banho e um Riozinho para as crianças brincarem. Tem uma área para fazer churrasco também.


Tirei algumas fotos e segui rumo à praia da Caçandoquinha, uma praia charmosa e graciosa, assim como o nome. A caminhada é bem curtinha, também uns 10 minutos e já é possível avistá-la. Tem algumas árvores para se proteger do sol e uma vista linda. O mar não é tão calmo, mas também não é tão agitado. Para quem visita apenas a praia da Caçandoca, vale a pena visitar essa linda praia.


Continuando a caminhada, passei pela praia da Raposa, uma praia com aspecto selvagem e mar bem agitado, assim, nem permaneci por ali, apenas tirei uma foto para não passar em branco.


Eu queria conhecer a praia do Saco das Bananas, assim, não me deixei vencer pelo cansaço e quando avistei do alto de um morro aquele local, fiquei deslumbrada. Foi exatamente o que eu imaginei, um lugar selvagem e calmo ao mesmo tempo, fiquei ali por um momento, sozinha, apreciando a beleza de Ubatuba e ouvindo o som dos pássaros.


Caminhando mais um pouco avistei uma escola abandonada, do período escravocrata, com um bananal imenso em volta. Como estava sozinha, não me senti muito confortável, pois o lugar me parecia sombrio e com um silêncio que incomodava, então, também não quis permanecer ali, continuando a trilha imediatamente.


A partir dali, fiquei meio perdida, pois havia uns atalhos e não sabia ao certo para onde ir. Acabei entrando no terreno de uma residência particular, onde tirei algumas fotos da praia e retornei até encontrar o caminho novamente.


Fotos tiradas da Residência


Naquele momento já estava bem cansada, mas precisava continuar e como não planejei em fazer essa trilha, não tinha ideia de onde iria sair, mas precisava continuar, pois não tinha mais água nem alimentação. Acredito que caminhei por mais meia hora até chegar à praia do Simão, mas ainda não conseguia visualizar nenhuma estrada para voltar pra casa.



Nesta praia descansei um pouco para continuar, pois não sabia por mais quanto tempo continuaria a caminhar. A praia estava totalmente deserta. A praia do Simão é uma praia um pouco agitada, porém tão linda como todas as outras. Ali é um lugar propício para acampar, de preferencia, acompanhada.

Após uns 20 minutos de descanso, continuei seguindo a trilha, já não conseguia mais contabilizar o tempo, pois estava tomada pelo cansaço. Mas acho que caminhei mais uma meia hora para chegar na Praia da Lagoa. Finalmente avistei o inicio de uma civilização...rs, uma estradinha com rastros de carro....ufa.


Passei rapidamente na Praia da Lagoa e já não conseguia nem apreciar a beleza da praia, pois estava realmente cansada da caminhada, e ainda não sabia quanto tempo faltava para chegar à Praia da Figueira.
A Praia da Lagoa tem esse nome devido a uma Lagoa de água doce enorme que fica no canto esquerdo da praia, separada do mar por uma faixa de terra. A praia é maravilhosa, uma das mais bonitas na minha opinião, para curtir junto de alguém especial.



Seguindo adiante, finalmente consegui me familiarizar com a praia da Ponta Aguda, uma praia selvagem, linda, com algumas residências e quiosques, que irei falar melhor em um outro Post.
Ali o meu celular já tinha sinal, então pedi para uma amiga vir me buscar, pois não tinha mais "pernas" para caminhar.


Essa foto acima é a vista da praia da Figueira, rumo à praia da Ponta Aguda. Neste local é possível o acesso por veículo 4 rodas. É um dos lugares mais bonitos de Ubatuba na minha opinião.

Por Priscila Merize

Expandir



Praia das Galhetas

Para quem gosta de sossego, a Praia das Galhetas é ideal para descansar na Alta temporada, pois seu acesso não é tão fácil e poucas pessoas conhecem, assim, não fica aquela multidão de pessoas que é normal em Ubatuba no mês de Janeiro. É a primeira praia do norte de Ubatuba, fazendo divisa com a Praia da Tabatinga que pertence à Caraguatatuba.


O caminho para esta praia é por uma estrada pavimentada e irregular que inicia-se na Rodovia Rio-Santos, vindo de Caraguatatuba, um pouco antes do portal de Ubatuba e da Flora Cachoeira. São cerca de 5 minutos de carro até a Praia das Galhetas, e no percurso são encontradas placas de indicação com o nome da praia.


Continuando pela mesma estrada, vai iniciar um trecho de estrada de chão, passando pela entrada da Praia da Figueira e Praia da Ponta Aguda, à esquerda, e deverá continuar em frente. No final desta estrada, é só estacionar o veículo antes de um portão de ferro, pois não é possível entrar, haja vista ser uma propriedade particular.


No terreno de acesso à praia tem uma única residência em meio a um paraíso indescritível, além de ruínas de um cais que servia para o trânsito de mercadorias e escravos.


O local não tem infraestrutura de quiosques ou barracas, sendo necessário levar alimentação, cadeiras e guarda-sol, mas a praia é linda, limpa, calma e nos remete àquela sensação de paz "que não tem preço". É um lugar ideal para curtir a dois ou para aqueles que não gostam de praias "lotadas" e com muito barulho.


Para quem gosta de curtir a natureza e descansar a mente e o corpo, é o lugar perfeito!


Por Priscila Merize.






Expandir



Praia da Ponta Aguda.

A Praia da Ponta Aguda é uma praia de difícil acesso, com estrada tortuosa e não é exatamente deserta, contando com alguns quiosques e um camping improvisado onde despontam algumas barracas. É o local ideal para fazer churrasco com amigos. Tem um riozinho para as crianças brincarem e tem uma faixa de areia grande, fofa e grossa. O mar não é calmo e nem agitado, mas dá tranquilamente para andar de Stand Up e brincar com as crianças.

A distância dessa praia até a Eco Encanto Pousada é de aproximadamente 9,5 kilômetros (aproximadamente 25 minutos devido à estrada não ser muito boa), mas vale a pena o sacrifício, pois ela é simplesmente linda!

Expandir



Praia do Sapê

Brinquem um pouco com seu imaginário e imaginem uma praia com a areia bem fofinha e clara. O mar também sempre bem clarinho. Uma praia não muito cheia, onde é possível estender sua canga ou abrir sua cadeira e ficar confortavelmente instalado. Essa praia existe, e ela fica pertinho aqui da nossa pousada. A praia do Sapê, que fica entre a praia da Maranduba e a praia da Lagoinha, é tão próxima da pousada Eco Encanto que você consegue ir caminhando até lá, sem ter que se preocupar sobre beber e dirigir.



Perto da praia há toda uma infraestrutura comercial: quiosque, supermercados, farmácias, restaurantes, posto de gasolina, lojas de souvenirs, entre outros. O acesso à praia é bem fácil, e para quem vai de carro é possível encontrar estacionamento a poucos metros da praia. Para quem gosta de surfar e praticar Stand Up, a praia do Sapê é o lugar mais que ideal. E vira e mexe você consegue acompanhar alguma competição dessas modalidades que sempre acontecem lá na praia. Para você que está vindo de uma viagem longa e não pode trazer sua prancha, no Sapé você consegue alugar pranchas, stand up, caiaques entre outros. E se você ainda não sabe surfar, sem problemas, lá você também encontra escolinhas de surf, e já sai de lá quase um Gabriel Medina. 

 Além de tudo isso, a praia do Sapê tem uma vista deslumbrante, onde você consegue ver a ilha do Pontal, que está muito próxima, caso tenha pratica, dá até para ir nadando ou de caiaque. Outra coisa legal do Sapê, que vale ressaltar, é que lá tem bastantes árvores e lugares que fazem sombra, então se não tiver guarda-sol, não tem problema, é só escolher a sua árvore preferida, eu tenho a minha. 



 O sapê é um lugar incrível, de uma paz revigorante, quando estou lá sinto que até o vento me traz calmaria, e mesmo tendo pessoas ao meu redor, ainda é silencioso e você consegue ouvir a si mesmo. É maravilhoso! 


 

Por Letícia Tavares

Expandir



Praia da Maranduba

Só quem já passou férias na Maranduba saberia explicar o sabor de infância que essa praia tem.  Eu já passei muitas e muitas férias aqui, desde criança, e a praia da Maranduba sempre me remeteu e me remete a família.

Localizada em Ubatuba, a praia da Maranduba é a primeira praia depois da divisa de Caraguatatuba. A pousada Eco Encanto fica a 300m da praia, apenas 5 minutinhos de caminhada. Ideal para quem quer ter a comodidade de aproveitar o passeio sem precisar utilizar o carro.



Sempre cheia aos finais de semana, independente da baixa ou alta temporada, a praia da Maranduba rouba a cena dentre as praias de Ubatuba, por ter uma excelente estrutura para o turismo.


Com um mar calmo, excelente para banhistas e mergulhadores, a praia é recheada de diversão. Lá você encontra entretenimento para toda a família: passeios de lanchas, de escuna, de banana boat, disco boat, passeio de caiaques e além de tudo isso, na praia da Maranduba você encontra o Tobocean, um toboágua que fica dentro do mar, o único no estado de São Paulo.



Na praia você também encontra vários quiosques, que quase sempre rola um som ao vivo, e bem próximo tem acesso ao estacionamento, restaurantes, bares, supermercados, posto de gasolina, entre outros comércios.

A praia da Maranduba é recheada de pessoas animadas, de bem com a vida, a alegria tanto dos turistas, quantos dos caiçaras que estão na praia a trabalho, é notável. Aqui é o lugar ideal para quem quer descansar e para quem quer curtir ao mesmo tempo.


Por ter extensas faixas de areia, ao amanhecer ou entardecer a praia da Maranduba é uma ótima opção para fazer uma caminhada, se você for na parte da manhã, consegue chegar até as pedras, que fica ao final da praia, (para quem gosta de tirar fotos, lá é perfeito) a caminhada com certeza valerá a pena, pois o visual de lá além de ser maravilhoso e inspirador, é de lavar a alma. Por experiência própria, todas as vezes que faço essa caminhada, termino o percurso me sentindo renovada.



E ai, está esperando o que para conhecer a Praia da Maranduba?

Postado por Letícia Tavares

Expandir



]